Estava tudo lindo, mas…

Por incrível que pareça volto a ter vontade de escrever o blog. Acho que sou mesmo de palavras autorais e por isso andava sem assunto.

No último fim de semana fui a um casamento. Depois que casei vejo casamento de um jeito muito diferente, consigo enxergar nos mínimos detalhes um pouco do que a noiva vê, afinal noivas são um pouco parecidas (minto?) mas também me entrego a delícia de ser um convidado, principalmente agora que sei o quanto custa tudo aquilo me alegro em saber que entre muitos que foram cortados (essa é a realidade) eu fui escolhida. O casamento estava impecavelmente lindo, o ambiente dava vontade de ficar ali para sempre. Os mais chatos céticos dirão: também com muito dinheiro tudo fica bom. Mas isso é conversa de gente recalcada; me chamou atenção a alegria e o cuidado da família com os convidados (obrigada por me fazer sentir tão querida), o sorriso dos garçons em nos servir, a comida deliciosa e no fim das contas a simplicidade de tudo. Simplicidade daquelas boas que faz  você se sentir parte.

Mas não é por isso (ou só por isso) que resolvi escrever sobre esse casamento em especial. Da para ver que saí de lá pisando leve mesmo sendo 3h da manhã e eu ter dançado freneticamente de salto alto o tempo todo. O que me chamou atenção foram os bastidores que chegaram até mim. Para resumir aconteceram fatos inesperados pouco antes do grande dia e no dia também, no meio da madrugada até a energia resolveu acabar. Quando a música parou a primeira coisa que me veio a mente foram minhas palavras escritas tão amorosamente no cartão do presente: “… aproveite cada minuto desse dia, ele vai deixar saudade e quando o domingo chegar vocês vão querer casar outra vez. É um dia mágico!”  (E a segunda foi: vou aproveitar para descansar os pés assim no escurinho).

Imediatamente depois me lembrei que demoramos no mínimo 1 ano para organizar tudo e que no fim estamos um pouco a mercê do destino, e se chove no dia, se o clima fica ruim e as flores acertadas não abrem, se você pega uma gripe e sai de nariz vermelho nas fotos… sei lá quantas coisas mais.  Uma vez li em algum lugar: “O homem faz planos e Deus sorri”. Tudo bem que ninguém quer ver seus meticulosos planos sofrerem interferências, se você passa anos organizando algo é porque quer que tudo saia conforme o planejado, mas e se não sair? Ué se não sair será resolvido de outra maneira, mas esteja certa, será resolvido. E mesmo com alguns poréns aquele ainda vai ser o dia que você vai pedir bis.

Ei “noiva” se você levar a sério a parte de se casar de novo (com o mesmo noivo, claro) me convida outra vez, estou certa que será tudo lindo e inesquecível.

E viva aos noivos!!!!

casamento-animado-joeyandjonwedding-miamisohobeach-davidwittigphotography-misteremister-094-1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s