Começo a semana sem nada para vestir

E não devo ser a única. Seja realmente ou  psicologicamente. Afinal tem dias em que os olhos adentram o guarda roupa mas não agradam de nada. Penso que a vida é ruim nesses dias (brincadeira).

Após uma faxina radical, demorada, adiada, desejada e difícil abri hoje o guarda roupa (atrasada, claro) sem saber se não tinha mesmo o que vestir ou se nunca tive. Afinal de contas, teoricamente, ficou somente o que amo muito ou é um curinga na produção e ainda assim me pareceu nada. Desde quinta feira, quando dei a sina por finalizada tenho exercitado minha criatividade e paciência, por incrível que parece foi um fim de semana de muitas produções e após matutar um bocado saí de casa pensando que fiz o melhor que podia (ou seja, não amei).

Na minha atual fase reflexiva só consigui pensar se sabia mesmo do que gostava, se havia mudado tanto ao ponto de não me reconhecer, se gastei mais grana errada do que sonha minha vã filosofia ou todas as opções anteriores. Não dá para negar que moda é uma parte indissociável da nossa vida, mesmo de saco cheio dela me vi tão imersa no seu universo nesses últimos três dias. Dor e delícia.

Sei que toda essa paranoia fashion é besteira e que logo logo vou me acostumar e voltar a amar minhas velhas novas peças, muitas redescobertas e já saídas do guarda roupa no fim de semana. Quando chegar a hora de adquirir as novidades espero saber exatamente o que quero, ou seria, quem sou?!

a-primeira-vez-4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s