Melissa, somente pare!

A anos não compro uma Melissa. E claro que não tenho nada contra elas, sou da geração que comprava Melissa sem nenhuma pretensão fashion, só porque era linda e acompanhei a marca se tornar um fenômeno nacional iconoclasta do mundo da moda. (falei bonito demais agora). Só que junto com essa “evolução” a marca foi se tornando cada vez mais arte e menos sapato. Claro que essa é minha opinião, mas vejo agora uma série de modelos carregados de conceito mas distante do look do dia dos mortais; ou pior, quando a marca se propõe a fazer algo “usável” se limita a criar versões de modelos antigos com intervenções mínimas.

E porque estou raios estou falando sobre isso? É que ontem pipocou nas redes sociais as imagens da nova parceria da marca com Jeremy Scott (cuja coleção autoral é bem mais usável que sua Melissa).

140915-jeremy-scott-boot-590x282140915-jeremy-scott-mule-590x429Segundo Lillian Pacce as boots não serão comercializadas mas o Mules sim. Não que os Mules sejam feios, para um look piscina/praia caíram muito bem e menos ainda que a ideia do bico de inflar (qual o nome oficial disso?) tipo boia não seja conceitualmente super condizente com o material do sapato.

Mas será que só isso bastará para a decisão de compra dos consumidores “comuns” do tipo eu e você que não somos nenhuma blogueira de moda ultra exótica? Eu tenho certeza que não, mas e vocês?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s