Topos de bolo. Pra que ser literal?

Sei que deveria falar de casamento de uma maneira menos específica, mas sei também que se você está aqui lendo esse post hoje é porque se identifica com o jeito Inveja Branca de ser. Livre, desencanado, criativo. Então vou falar de algo que me enche os olhos e me alegra muito em um casamento. Topos de bolo. (só dos quee u gosto rs.)

Desde que os noivinhos de biscuit que “imitam” o casal deixaram de ser a opção mais óbvia (bota óbvia nisso) os bolos de casamento ganharam personalidade e uma infinidade de opções. Quando resolvi casar já sabia que meu bolo teria um adorno de madeira (confira aqui https://bloginvejabranca.wordpress.com/2015/05/29/os-finalmentes/ ) nem cogitei outra opção, era completamente apaixonada por eles e passaria longe daqueles bonecos de biscuit (se simularem cenas engraçadinhas então…). Acho que a escolha do topo de bolo é um detalhe no qual a noiva tem total poder e que vai dizer muito sobre o casal que ela e o noivo formam. Talvez eu esteja dando muita importância a um detalhe, mas sendo esse detalhe bonequinhos fofos esta explicado.

Separei algumas opções que fazem meu coração bater mais forte…

As opções em crochê e tecido podem facilmente ser confeccionada por vovós habilidosas que se encheram de orgulho em participar.

cf1b317b1eeca1c826779d982dc24532

casamento-ao-ar-livre-colherdecha-noivas-251topo-de-bolo1

Aquele padrinho fera no Corel pode muito bem cooperar ativamente produzindo divertidos bonequinhos de papel…

topo-de-bolo-diy212

Biscuit de um jeito hiper fofo…

il_570xN.178211216Topo-bolo-kikuike

Peças oficialmente de decoração que fazem bonito como topo de bolo…

012topo-de-bolo-da-floco-doce-1386338064946_956x500pombinho-topo-de-bolo-16

Descolado e baratex com fotos em polaroide…

f5336e947aecd8063d318ae9930d1cca

Lindos e de madeira…

noivinhos-topo-de-bolo-madeira-nanda-teixeiratopo_de_bolo_diferente_03noivinhos personalizaveis  pqnos 4-700x700

Só para não dizer que não falei dos clássico, cena linda (ainda que de perto pareçam um pouco monstrinhos kkkk)

topo-bolo-05

Estava tudo lindo, mas…

Por incrível que pareça volto a ter vontade de escrever o blog. Acho que sou mesmo de palavras autorais e por isso andava sem assunto.

No último fim de semana fui a um casamento. Depois que casei vejo casamento de um jeito muito diferente, consigo enxergar nos mínimos detalhes um pouco do que a noiva vê, afinal noivas são um pouco parecidas (minto?) mas também me entrego a delícia de ser um convidado, principalmente agora que sei o quanto custa tudo aquilo me alegro em saber que entre muitos que foram cortados (essa é a realidade) eu fui escolhida. O casamento estava impecavelmente lindo, o ambiente dava vontade de ficar ali para sempre. Os mais chatos céticos dirão: também com muito dinheiro tudo fica bom. Mas isso é conversa de gente recalcada; me chamou atenção a alegria e o cuidado da família com os convidados (obrigada por me fazer sentir tão querida), o sorriso dos garçons em nos servir, a comida deliciosa e no fim das contas a simplicidade de tudo. Simplicidade daquelas boas que faz  você se sentir parte.

Mas não é por isso (ou só por isso) que resolvi escrever sobre esse casamento em especial. Da para ver que saí de lá pisando leve mesmo sendo 3h da manhã e eu ter dançado freneticamente de salto alto o tempo todo. O que me chamou atenção foram os bastidores que chegaram até mim. Para resumir aconteceram fatos inesperados pouco antes do grande dia e no dia também, no meio da madrugada até a energia resolveu acabar. Quando a música parou a primeira coisa que me veio a mente foram minhas palavras escritas tão amorosamente no cartão do presente: “… aproveite cada minuto desse dia, ele vai deixar saudade e quando o domingo chegar vocês vão querer casar outra vez. É um dia mágico!”  (E a segunda foi: vou aproveitar para descansar os pés assim no escurinho).

Imediatamente depois me lembrei que demoramos no mínimo 1 ano para organizar tudo e que no fim estamos um pouco a mercê do destino, e se chove no dia, se o clima fica ruim e as flores acertadas não abrem, se você pega uma gripe e sai de nariz vermelho nas fotos… sei lá quantas coisas mais.  Uma vez li em algum lugar: “O homem faz planos e Deus sorri”. Tudo bem que ninguém quer ver seus meticulosos planos sofrerem interferências, se você passa anos organizando algo é porque quer que tudo saia conforme o planejado, mas e se não sair? Ué se não sair será resolvido de outra maneira, mas esteja certa, será resolvido. E mesmo com alguns poréns aquele ainda vai ser o dia que você vai pedir bis.

Ei “noiva” se você levar a sério a parte de se casar de novo (com o mesmo noivo, claro) me convida outra vez, estou certa que será tudo lindo e inesquecível.

E viva aos noivos!!!!

casamento-animado-joeyandjonwedding-miamisohobeach-davidwittigphotography-misteremister-094-1

Casamentos – Qual o bolo?

Ainda hoje após ter visto as fotos do meu casamento milhões de vezes fico parada olhando a mesa do bolo. Que coisa linda, que bolo adequado. E é aí que mora a maior beleza da mesa do bolo, ela precisa ser adequada ao estilo e ao tamanho do seu casamento. Manhã ou noite, moderninho ou clássico, mini wedding ou festa de arromba, bolo de verdade ou maquete… as variáveis são muitas mas garanto que você vai encontrar a opção certa e apaixonante para os eu grande dia.

Além da forma clássica de organização da mesa onde o bolo fica no centro também podemos usar o bolo em uma mesa anexa só dele, ou em um aparador mais baixo em frente a mesa dos doces, há até quem dispense o bolo e o substitua por vários mini bolos ou cupcakes. E pode? Claro que pode. Se o conjunto da obra estiver harmonioso e se ele falar uma única língua, pode tudo.

Separei algumas lindas opções dos mais diferentes estilos. Inspire-se

Decoração Paula Bordenalli no Itu Plaza Hotel, Itu.

casamento-mesa-bolo-decoracao-vanderli-viel

Meu-Dia-D-III-Encontro-de-Noivas-Meu-Dia-D-Bolo-Doces-Lembrancinhas-2

mesa-bolo-casamento-rustico-11

mini-wedding-mesa-de-bolo

bolo3-550x366

Decoraca_romantica_estampada3

casamento-mesa-de-doces-estilos-mini-wedding-caseme

6860626490_637c518aec_b

E olha só a fofura do bolo de cupcakes que falei…

cupcakes4

Inspiração para a vida

O post de hoje seria sobre damas e pajens e as surpresas de ser ter crianças na cerimônia, fotos escolhidas, texto formatado e dei uma pausa para ver as novidades do dia. Acabei cruzando com uma notícia me deixou sem coragem de falar de todas essas amenidades. E depois de me recuperar do sentimento de “sou um cocô egocêntrico” compartilho com vocês… nãoooo o sentimento não, mas o exemplo que nem precisa ser pra um casamento, mas que pode ser para a vida.

Leiam

casal-turco-600x360Nem preciso dizer que chorei.

http://casarei.net/2015/08/noivos-trocam-festa-de-casamento-para-alimentar-mais-de-4-mil-refugiados-sirios/

Mini wedding e a delícia de se estar entre os seus

Quem leu o primeiro post sobre o meu casamento aqui https://bloginvejabranca.wordpress.com/2015/05/15/o-casamento/ sabe que eu queria muito um mini wedding. Muito além da economia de se ter um casamento menor, eu queria mesmo era celebrar entre as pessoas mais próximas. Aquele tipo que pode chegar na casa sem ligar antes, que conheceram o noivo (noiva) quase no mesmo dia que você, que acompanhou de perto cada momento do namoro e dos preparativos do casamento. Para mim um mini wedding é uma festa onde todos se conhecem, afinal são todos amigos, não tem convidados do noivo e outros da noiva, são convidados dos dois. Bem acho que acabo de fazer uma boa definição. “não tem convidados do noivo e outros da noiva, são convidados dos dois”

Então o post já pode chegar ao fim? Nãoooooo

Aqui vai minha ideia de um mini wedding de sucesso mas sem regras, ok? Lembre-se é o SEU casamento, tem que ter sua cara.

Se todos são um turma só abuse das mesas coletivas. O charme de uma mesa coletiva é incontestável e não existe mesa redonda ou quadrada que a supere. Mesmo custando um pouquinho mais eu gastaria sem dó em uma bela mesa coletiva que de quebra ainda renderia uma decoração surpreendente.

3-668casamento-fazenda-vila-rica-fabio-borgatto-18mesas1

Leve a definição de mini para a decoração. Não consigo visualizar um mini wedding onde as mesas são adornadas com arranjos altos em pedestais de cristal. Aquele tipo de arranjo que você passa o tempo todo querendo arranca-lo de lá para poder ver todos nos olhos. Prefira arranjos baixos, ele não são sinônimos de simples (se o seu estilo é mais glam) Arranjos baixos podem ser tão sofisticados quanto qualquer um.

decoracao casamento_coral e verde1decoracao-de-casamento-com-tulipasmini_______________Se o casamento for noturno abuse das velas. Além de produzir um clima intimista são uma opção BBB (boa bonita e barata) para compor a decoração.

DECORAÇÃO_CASAMENTO_BARATA_FÁCIL_ÁGUA_VELAdecoracao-de-casamento-com-velas-flutuantesDecoração-com-velasdecoração-de-casamento-com-veladecoracao-de-casamento-com-velasSe os arranjos são baixos elementos que pendem do teto mais uma vez surpreendem e tornam a decoração mais interessante.

decoracao+aerea+00120518_1364075937_514e25a1b5a9fpinterestconfetti-wedding-trends-for-2013-lanterns-2Não custa repetir que o sucesso dos eu casamento está na linguagem única que você deve adotar então se terá um mini wedding leve o conceito para os convites, o vestido, o penteado, a cerimônia, a festa, a escolha do dress code… tudo deve “conversar” . Afinal está mais que provado que tamanho não é documento.

Tem alguma noiva ai para não me deixar mentir ou alguém para dizer que não fiquei louca em sentir uma pontinha de tristeza em ter meu álbum nas mãos? Não!!! O problema não é ele, o álbum está escandalosamente lindo e ver todo aquele ano de preparativos e aquele dia surreal contado assim em imagens numa sequência lógica de fatos é demais. Não sei se já contei aqui mas meu casamento não teve vídeo. Eu e marido somos tímidos demais para nos sentir a vontade com uma câmera na nossa cara e juntamos a isso a grana que estava curta. Em nenhum momento senti falta ou me arrependi. Ter o álbum nas mãos me provou que eu estava certa. (estar certa: uma realização taurina) Imagens te deixam livre para fazer a sonorização, para completar o momento com seu próprio ponto de vista. Apesar da cena ser imóvel escutei a música, me lembrei do olhar da minha mãe, do que eu pensava, do perfume. It’s magic!! Mas quando cheguei na ultima página me vi com um vazio enorme. Desconsolada desabafei: Agora acabou tudo! E maridão que vê sempre o copo meio cheio prontamente me corrigiu. – Agora começou todo o resto. E naquela hora, mais uma vez, eu me lembro o porque de ter descido do carro e entrado naquela igreja. A resposta para a pergunta que me fiz antes de respirar fundo é que eu o amo e isso faz todo esse resto que já começou naquele dia valer a pena. album

Um parêntese para utilidade pública – A cor do vestido da sogra

Quem me acompanha do Instagram @bylidyalencar sabe que meu álbum de casamento ficou pronto (emoção!!!) e hoje ele é o gerador do assunto. Fato é que quando todos que viram o danado abrem na foto de entrada do meu noivo com sua mãe o comentário é o mesmo: “que cor é essa de vestido?” pergunta para a qual não preciso responder porque ele é inconfundivelmente bege. ( o da noiva off white). Freud explica ou deixa eu mesmo explicar?

Sempre achei que essa coisa de delimitar a cor do vestido uma besteira afinal a menos que a pessoa esteja com uma melancia na cabeça ela não vai aparecer mais que noiva e implicâncias a parte, uma noiva com tanto para ver, com tanto amor pra sentir das pessoas, com tantos amigos que se juntam, e é bom demais, não vai notar muito bem isso. Bem… eu não notei, quer dizer vi mas nem liguei. Mas ali com a foto em tamanho grande, alta resolução e todo o tempo do mundo para ver é mesmo muito impróprio a tal cor.

Não vejo muitas noivas falarem sobre isso ou pedirem formalmente as mães para não usarem cores claras, acho que deve ser porque essa já é uma informação tão difundida. Que mulher não sabe desde sempre que não se usa cores claras em casamentos? Confia-se no bom senso e isso passe despercebido. Só que essa é uma coluna para compartilhar experiências de noiva e eu não poderia deixar de falar, então lá vai: Melhor averiguar ou sugerir cores para os convidados (aqueles específicos – você me entendeu). Para madrinhas isso já é costume, muitas noivas delimitam a cartela de cores o que pode render um resultado lindo. Os casamentos gringos que o digam.

madrinhas-iguais-lilas

Vestidos-de-madrinha-de-casamento-iguais-cor-verdemadrinhas-de-casamento-iguaisPara que mal entendidos, né??!

Também amei a proposta de tons pasteis que Mica Rocha escolheu para suas madrinhas11374624_1462868267339932_1571208752_n1-600x600

Verdade é que há muito para se inovar em um casamento mas certas tradições tem um porque de serem mantidas intactas, é o famoso: não mexer em time que está ganhando, então se desde as nossas avós madrinhas e mães não devem usar roupa clara para que contrariar, né?!

Ou contrariar com louvor… (rs)

madrinhas-e-damas-de-honra-1

Apesar de isso ter sido algo que passou despercebido agora rende ótimas piadas o que comprova mais um ditado: ” um dia você ainda vai rir disso tudo”

images

Escolhendo o estilo do casamento

E ai pessoal, visitaram os blogs que indiquei na sexta passada? Gostaram de muita coisa? De tudo, talvez…. isso acontece mesmo e por isso é tão difícil definir o estilo do casamento. Não há nada de errado em gostar do moderninho mas querer castiçais de cristal, ou amar o clássico mas se apaixonar por ma decoração ultra colorida. Errado não tem mas se você quer que o seu casamento fique marcado como “O” casamento a linguagem é importante. Afinal se tudo conversa harmoniosamente dentro de um mesmo estilo você transporta seus convidados a outro lugar, um lugar que será só seu e do seu noivo, mais do que uma cerimônia e uma festa (que de modo geral não são tão diferentes assim) o seu casamento será uma experiência que deve ir muito além de boa música, bebedeira e comida.

Escolher um estilo pode ser fácil para alguns e um pouco mais difícil para todos, gaste tempo com isso, pesquise de verdade e uma vez decidida confie e siga firme. Tudo no casamento deverá estar dentro desse estilo (com variantes lógico) isso é o que poderíamos chamar de: criar uma identidade visual. Um termo da publicidade para a vida.

Já que disse que é um processo criterioso e lento vamos por partes. Hoje selecionei algumas referências do Vintage para vocês. Se seu coração disparar talvez você tenha encontrado se não volte na próxima semana e veremos qual o seu estilo.

hipster-valentines-wedding-29

RMW-40_0

Caroline-93

Caroline-69

An-Ethereal-Bohemian-Inspired-Wedding-At-Standlow-Farm-With-Tipis-From-Papakata-A-David-Fielden-Dress-And-Juliet-Cap-Veil-With-A-Sweet-Avalanche-Rose-Bouquet-2

0213

jeniffer+patrick-39

Sempre me fica a vontade de casar outra vez…